Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

6.10.2006

Na Baía não brincam

Exposição SANTO ANTÔNIO: O DIVINO AMANTE DO MENINO JESUS
Para celebrar a festa de Santo Antonio, o Grupo Gay da Bahia realiza exposição de “santinhos” e gravuras de pintores célebres que mostram Santo Antonio em cenas de devota intimidade beijando o Menino Jesus. O objetivo da mostra é discutir a evolução do carinho entre adultos e crianças e como a própria Igreja jamais rotulou de pedofilia estas inocentes manifestações místicas do santo mais querido da cristandade.
Santo Antonio é o santo mais popular do mundo: sua imagem com o Menino Jesus no colo está em todas igrejas. É celebrado não apenas dia 13 de junho, mas tem festa o ano inteiro, toda terça feira. É disputado por Itália e Portugal, já que nasceu em Lisboa (em 1191) mas tem como sobrenome “de Pádua”, cidade italiana onde morreu em 1231 aos 36 anos e onde está enterrado. Sua imagem e devoção evoluíram ao longo dos anos: primeiro foi cultuado como “martelo dos hereges”, devido a seus sermões em defesa da Igreja. Depois foi invocado pelos senhores no Brasil Colonial como “capitão do mato” para recuperar escravos fugidos. Hoje é representado como um santinho andrógino e casamenteiro. Na tradição do Candomblé Santo Antonio é associado a Ogum, o santo guerreiro. A imagem mais comum mostra Santo Antonio com o Menino Jesus no colo. O curioso é que não consta tal milagre em suas primeiras biografias, e alguns de seus biógrafos colocam em dúvida a veracidade desta aparição miraculosa, devendo-se à tradição oral iniciada só no século XVI. Há mesmo dúvida se tal aparição teria ocorrido na Itália ou na França.Examinando as pinturas e gravuras antigas que representam Santo Antonio com o Menino Jesus, fica evidente a proximidade física e intimidade como este santo franciscano se relacionava com o Filho de Maria Santíssima: o Menino Jesus aparece muitas vezes completamente nu; às vezes está envolto apenas num lençolzinho branco, seja pousado sobre um livro, seja nos braços ou no colo do santo. Outras vezes Santo Antonio segura o corpinho despido do Divino Infante com suas próprias mãos. É recíproca a manifestação de intimidade entre o Menino Jesus e o Santo, algumas pinturas mostrando “Jesusinho” acariciando o rosto do frade, ou Antonio fazendo carinho no rosto do Verbo Encarnado. Vários foram os pintores que ousaram mais ainda: mostram o Santo e o Menino com as faces tão próximas, como trocando um beijo na boca. Escritores místicos associaram tais cenas a Cupido e Ganimedes, adolescentes amantes de Zeus.Antigamente, muitos foram os santos barrocos que tiveram estranha intimidade com a divindade: São Francisco de Assis é estampado beijando demoradamente a chaga do peito do Cristo; São Caetano recebeu em sua boca algumas gotas do leite de Nossa Senhora; Santa Verônica Giuliani e a nossa negra “Santa Rosa Egipcíaca” davam seu peito ao Menino Jesus para mamar. Tudo isso documentado nos processos de canonização destes santos. Essa exposição SANTO ANTONIO: O DIVINO AMANTE DO MENINO JESUS quer discutir a evolução do carinho humano através das imagens do milagre da aparição do Menino Jesus a Santo Antonio. Quer polemizar a idéia de que a intimidade entre adultos e crianças nem sempre foi considerada crime e tratada como “pedofilia”.

2 Comments:

Blogger zzz said...

Uma pergunta não relacionada: acaso estarás no EuroPride em Londres? É que a conferência de 30 de Junho parece bastante engraçada...
Eu estarei. Edimburgo pode ser muito giro, mas são 9h de autocarro!!!

03:20

 
Blogger Anabela Rocha said...

Não, não estarei. O mais longe que tentarei estar, no que a Prides diz respeito, é Madrid.
Mas acho que tens razão, vale a pena lá ir!

23:21

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home