Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

1.09.2007

Pobreza

Na feitura de uns inquéritos para caracterizar sócio-economicamente a população da minha escola deparei-me com os seguintes números:
- 360 euros líquidos, valor do salário mínimo actualizado
- 450 euros, valor do referencial de pobreza em 2003 (60% do ganho médio nacional em 2003)
Quer isto dizer que os 500 euros brutos de salário mínimo actualizado e prometido pelo Governo em 2009 não chegam para tirar da pobreza por critérios de 2003! Agora percebo porque é que os sindicatos insistiam tanto em mais 50 euros já!
Só mais uma notinha: poucos eram os países da UE15 que, em 2003, não tinham um ganho médio superior ao dobro do nosso; e mesmo Espanha, Grécia e Itália eram superiores em mais de 20%, sendo que hoje Espanha já deve ser superior em mais de 50%. Sempre a andar para trás...
Mas realmente, do que me admiro? Com a baixa escolaridade da nossa população, e com as medidas de certificação burocrática, artificial e administrativa que têm inventado para aumentar os níveis de escolaridade, como esperar outra coisa que não o contínuo afastar dos níveis de produtividade e de salário dos outros, com níveis de escolaridade superior e a tomarem medidas mais substanciais para os aumentar? Continuamos a não enganar ninguém senão a nós próprios...

1 Comments:

Anonymous Saphira said...

Então...
Aqui no Brasil ainda há muitos analfabetos.
E o nosso salário mínimo?
Equivale a pouco mais que 100 dólares por mês...
Sem comentários, né!
Ah, aqui mulheres ganham menos do que homens, embora esta prática seja ilegal...

01:25

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home