Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

9.13.2006

Tanta propaganda..

Depois de fazer a capa de alguns jornais com a conversa de que os professores portugueses são os terceiros mais bem pagos do mundo (escondendo que essa hierarquização considera apenas o topo de carreira), a Ministra vem hoje confessar ao DN que, na entrada da carreira, somos dos mais mal pagos. Mas não é só na entrada. É, pelo menos, nos vinte primeiros anos. Os tais salários aos quais se quer agora condenar 66% da classe.
Veja-se aqui a tabela salarial e considere-se que cada escalão abarca, em média, 4 anos de serviço. E compare-se com outras tabelas salariais da função pública aplicadas a licenciados... Concluir-se-à que os professores são os funcionários públicos licenciados mais mal pagos.
E mesmo assim, estando a crescer a despesa do Estado, e a aumentar a contratação de funcionários públicos - exactamente o contrário do que prometeu o Governo, e que ainda por cima não clarifica totalmente - é ainda aos professores que se vem, de novo, e após dois anos e congelamento de salários, pedir sacríficios. Irra!
Querem avaliar o mérito? Avaliem PRIMEIRO. E DEPOIS hierarquizem. E finalmente, paguem bem aos que merecem, em vez de simplesmente condenarem 66% dos professores a um sub-estatuto. Porque, uma vez preenchidos os quadros do terço de professores de estatuto superior, quando existirão vagas para os mais novos? Nunca. É isto motivação?
A Ministra afirma também, falsamente, que é possível a um professor ser avaliado com justiça e boa nota nas condições de avaliação que pretende agora impor no novo estatuto. Isso é falso porque as restrições às faltas são tais, e funcionam de tal maneira como condição impeditiva duma boa avaliação, que serão raríssimos os professores que consigam cumpri-las, mesmo desejando. É isto motivação? Não, isto é dizerem-nos: nunca mais progredirão, nunca mais vos pagaremos mais.
E é com profisionais com este entusiasmo que querem ultrapassar esta vergonha... Nestas condições culturais das famílias - e das localidades - a melhoria ds resultados nas gerações mais recentes prova que os professores são uns heróis - e não ladrões do Estado e do povo, como propagandeiam.
E quanto ao "Prémio Nacional do Professor", neste quadro, não me obriguem a dizer onde podia Sócrates enfiá-lo.... GRRRRRR...

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

"66% da classe"? Não, de modo nenhum: muito muito mais. (cont.)

00:37

 
Anonymous Anónimo said...

(cont.)... Como lembrou o Sec Estado, pofs titulares são só ATÉ um terço. E só vão abir as lugares estritamente necessários ao desempenho dos cargos de gestão intermédia (membros do Conselho Pedagógico).

00:41

 
Anonymous Anónimo said...

Demasiado cansado apesar da insónia para te mandar um mail. Assim aproveito e publicito a iniciativa.

My dear, http://certaenciclopedia.blogspot.com/2006/09/all-my-independent-women_13.html
Exposição feminista para menin@s!

Está mais que convidadissima!
beijos

João Oliveira

05:07

 
Blogger L said...

O prémio é uma palhaçada (o vídeo pode demorar um bocadinho a carregar).
Mas estavam à espera de quê? Por acaso a educação é uma prioridade neste país? Nahhhh...

21:01

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home