Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

5.23.2007

Por casa

"Let's love Hong Kong" de Yau Ching é um filme lésbico interessante sobre várias perspectivas. Em primeiro lugar o olhar sobre a cidade e o cruzamento de diversos tipos de dipositivos cinematográficos. Em segundo lugar a forma como às três personagens lésbicas correspondem três formas diferentes de habitar a cidade, três classes económicas diferentes. Em terceiro lugar como também a cada personagem corresponde uma disponibilidade diferente para amar e para atravessar esse amor/sexualidade de dispositivos virtuais. Por último, a especificidade própria da personagem mais pobre, chamada Zero, que vive/dorme num teatro (?), conjuntamente com muitos outros, cujo trabalho consiste em vender todo o tipo de objectos em segunda mão numa cidade, desde apartamento a telemóveis (uma recolectora), e que é a única personagem a procurar, ainda, uma interacção amorosa com uma pessoa real e presente, e com base no amor.
É claramente um filme injustamente invisibilizado na cinematografia asiática recente.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home