Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

4.29.2006

As pensões e a esperança de vida

E já lá vão duas falácias: a primeira, que já aqui referi, é esconder que já foram roubados para tempo de trabalho todos os anos a mais de esperança de vida que se conquistaram nas últimas décadas; ou seja, nós já trabalhamos a mais todo o tempo de vida a mais que conquistamos.
A segunda é que a esperança de vida de cada um é a esperança de vida à nascença; não se calcula com base nas melhorias conseguidas hoje.
Tudo para esconder o óbvio: há pensões e reformas antecipadas (com acumulação de segundos e terceiros trabalhos) escandalosas! Há subsídios desbaratados por mal fiscalizados. São essas coisas que delapidam a Segurança Social. Pôr o Zé Povinho a trabalhar mais meia dúzia de meses ou um ano é pouco ganho para a justa impopularidade de medida tão injusta...

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home