Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

1.23.2007

De novo Kamikaze Girls

Revi-o agora na totalidade e com legendas decentes, depois de o ter mencionado aqui pela primeira vez.
Não é um filme lésbico mas retrata uma amizade butch-femme. E tem um certo ar final de Telma e Louise.
O realizador, japonês, é um cruzamento estranho de Greenaway, com Kusturica, com registos de comics e bd japonesa - um show!

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Um pouco mais de Tarantino com laivos de almodovarianos.
O trailler pode ser visto aqui:
http://www.kamikazegirls.net/trailerwm.html

02:58

 
Anonymous Anónimo said...

Já agora fica uma nota que encontrei no Sita Portugal Gay

"Um elenco composto unicamente por actrizes e um enredo que explora o universo feminino: são as traves-mestras da mais recente produção da Utopia Teatro, intitulada «Renaissance». O espectáculo resulta de um texto original de Nuno Vicente, que assegura também a encenação, contando para o efeito com um conjunto de seis actrizes.

Em «Renaissance», Verónica, Violeta e Amparo são três investigadoras universitárias que publicam um estudo intitulado «O Renascimento Português no Feminino em Sintra». O sucesso editorial é ensombrado pela morte, no Iraque, de André Magalhães: filho de Violeta e marido de Verónica. Ângela, Augusta e Bernarda são três actrizes em rápida ascensão que são contratadas para interpretar Luísa Sigeia, Paula Vicente e a Infanta D. Maria numa polémica adaptação ao teatro – com elevada viabilidade económica assegurada por um estudo de mercado – do estudo das investigadoras, projecto que é recebido com frontal oposição por Violeta. O choque entre as seis mulheres é inevitável. O choque entre séc. XVI e séc. XXI é inevitável. Sucedem-se as confissões e as revelações, até ao clímax num karaoke-bar para lésbicas da noite lisboeta, na noite após a estreia do espectáculo.

Segundo Nuno Vicente, “este é um drama intimista, um espectáculo visualmente expressionista com personagens em registo naturalista, procurando um efeito patético. É um espectáculo feminista sobre maldades, mentiras, fealdade e redenção, que põe em diálogo seis mulheres, duas épocas, dois planos, duas interpretações.”

A peça estreia dia 16 de Fevereiro e estará patente até ao dia 18 de Março, às sextas, sábados e domingos, às 22h00. Na Casa de Teatro de Sintra."

03:08

 
Blogger Anabela Rocha said...

Obrigada pela dica.
Quanto a Almodovar sim, mais do que Kusturica. Já quanto a Tarantino nem por isso, no sentido em que não é de todo o habitual asiático que Tarantino copiou (há um kitch barroco e formalista muito mais Greenaway e menos habitual nestas paragens).

12:22

 
Anonymous Luís Felipe A N said...

Olá!

Sou brasileiro e gostaria de saber o link pra legenda desse filme, pois vi muitos comentarios sobre ele e to louco pra ler pelo menos em português de Portugal... Espero resposta!!

Obrigado pela atenção!!

00:47

 
Blogger Anabela Rocha said...

Luís, envie-me um mail q eu procuro.

19:09

 
Anonymous Luís Felipe A N said...

Nossa Anabela, fico feliz pelo interesse teu em ajudar as pessoas desesperadas. Mas enquanto eu passava pelo blog eu encontrei esta legenda: "Shimotsuma.Monogatari.2004.DVDRip.XviD.iNT-TLF.srt"

Será que funciona?
O filme que irei usar nessa legenda será o tlf-sm.avi de 700MB

obrigado novamente pelo apoio e interesse em ajudar!!

22:06

 
Anonymous Luis Felipe A N said...

Funcionou!!!

09:53

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home