Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

12.06.2005

Vereadores PS pró-tachistas

Lugar nas empresas municipais
PS-Lisboa vende-se a Carmona
Há uma fractura na vereação socialista da Câmara de Lisboa. De um lado estão os ‘carrilhistas’ (Manuel Maria Carrilho, Nuno Gaioso Ribeiro e Isabel Seabra), do outro os afectos à Concelhia do PS (Dias Baptista e Natalina Moura). Estes viabilizaram já o negócio da EPUL (Empresa Municipal de Urbanização de Lisboa) no Vale de Santo António, em Chelas, depois de o presidente da Concelhia socialista, Miguel Coelho, ter andado a sondar os camaradas, perguntando-lhes se estariam interessados num cargo numa empresa municipal, apurou o CM.

Coelho sondou muitos, esquecendo-se, no entanto, dos três ‘carrilhistas’. E Dias Baptista chegou a ser indicado para a administração da EMEL (Empresa Municipal de Estacionamento de Lisboa), mas ao CM disse que “mesmo que fosse convidado não aceitaria” porque é vice-presidente do Instituto de Meteorologia.A verdade é que os socialistas têm já uma forte presença nas empresas municipais e pretendem mantê-la. Por exemplo, Leiria Pinto esteve na administração da EMEL até ser, recentemente, nomeado pelo Governo para a CP; Rosa do Egipto, presidente socialista da Freguesia de Santa Maria dos Olivais, está na administração da SRU (Sociedade de Reabilitação Urbana) Oriental e Sérgio Cintra no conselho de administração da SRU Ocidental.

A HISTÓRIA MAL CONTADA DE UMA PROPOSTA
Os ‘carrilhistas’, a CDU, o BE e o CDS-PP queriam inviabilizar a constituição de contratos de promessa de compra e venda dos lotes do Vale de Santo António, pela EPUL, pois ainda não há Plano de Urbanização da zona. Mas o negócio, entre a EPUL e Bernardino Gomes (construtor que tem terrenos em Alcântara), foi viabilizado pelos vereadores socialistas afectos à Concelhia, Dias Baptista e Natalina Moura. O primeiro, na altura, justificou o seu voto com “o estado de graça” a que, diz, Carmona tem direito por ter sido eleito recentemente. Baptista acusou ainda o seu colega de bancada Nuno Gaioso Ribeiro por este ter assinado uma proposta com a CDU sem o informar. Mas o CM sabe que Baptista e a Concelhia do PS tiveram conhecimento da proposta uma semana antes da sua votação, quarta-feira. Mais, Baptista, Miguel Coelho e Rosa do Egipto encontraram Gaioso no passado domingo e nada lhe disseram; optaram por divulgar o desacordo na Comunicação Social.
Sofia Rêgo, Correio da Manhã

Nunca mais voto útil no PS! Vendidos! Sem vergonha!
Ninguém mais acima no partido tem mão nesta gentalha? Jorge Coelho assobia para o lado? E Sócrates? Já chegamos à Madeira ou quê?!!!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home