Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

3.19.2006

Patricia Duncker

Já que estamos a falar em escritoras que me soam como lésbicas, mesmo antes de o saber, não posso deixar de referir a deliciosa Duncker, em Portugal traduzida com A sombra de Foucault.
Magníficos são também os contos de Monsieur Shoushana's Lemon Trees (não me lembro a quem os emprestei; se andar por aí acuse-se se faz favor) e a história do trans James Miranda Barry. Há mais, que desconheço.
Também é outra que a Gradiva bem podia continuar a traduzir. Please!
P.S. - Parabéns à srª professora Paula Costa que a escolheu como obra de análise na sua cadeira de literatura comparada na Nova.
P.S. 2 - e há mais duas novas sensibilidades literárias lésbicas que não faço ideia se são lésbicas ou não: Amélie Nothomb e a menina que escreveu aquele conto da mulher que se transforma numa porca - alguém se lembra do nome?

7 Comments:

Anonymous sal & pimenta said...

Não, mas acabei de ler dela "Antichrista", k recomendo

17:39

 
Anonymous Anónimo said...

Marie Darriensseck, "Estranhos perfumes"

18:23

 
Blogger Anabela Rocha said...

Precisamente, Marie Darrieussecq, http://www.uri.edu/artsci/ml/durand/darrieussecq/fr/romans.html, de que há também traduzido O nascimento dos fantasmas (estranho é o que vos digo...). Parecem livros progressivamente mais depressivos, metafísicos, e mais ligados à maternidade, à conjugalidade hetero, e suas relações com a individualidade duma mulher. O quadro é bastante hetero, mas há ali qualquer coisa...

19:24

 
Blogger Anabela Rocha said...

Antichrista, da Nothomb, vou procurar - bem lembrado!

19:26

 
Anonymous sal & pimenta said...

Há ainda outro livro da Nothomb que me parece mais prometedor quanto ao tom lésbico: "Temor e Tremor", chama-se, passa-se no Japão, (onde, de resto a Amélie nasceu), e trata da relação profissional/emocinal que uma jovem empregada ocidental (julgo), recém admitida por uma grande corporação nipónica, vive, focada na sua chefe directa. Não posso dizer mais porque ainda não o comecei a ler.

21:25

 
Anonymous sal&pimenta said...

Ambos os livros da Amélie Nothomb são edições da ASA.

21:31

 
Blogger Anabela Rocha said...

Eu conheço esse; é muito interessante.

22:16

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home