Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

5.27.2007

Alternativas

Um dos pontos quentes da agenda lgbtq em Portugal tem sido o casamento, sintoma visível do aburguesamento do nosso movimento, pois que se trata acima de tudo de conseguir a igualdade simbólica de um dado estatuto social (que vai cada vez mais a par de estatutos sócio-económicos elevados, ver).
Nesse sentido, é sempre bom encontrar movilentos lgbtq alternativos, como este, que até secção poliamor tem:)

2 Comments:

Anonymous monogâmica said...

coff coff quão superficial, quão distante da realidade.. o movimento lgbt não aquece nem arrefece quase nada, que fará o casamento com tanto nariz torcido como o da menina! a única coisa que o movimento aquece são charros lamentavelmente..

02:26

 
Blogger Anabela Rocha said...

Tem razão. Onde tinha a cabeça para me esquecer das dezenas de intervenções a favor do casamento homossexual por parte de cidadãos e de organizações não lgbtq, e que tanto contrubuíram para o seu agendamento em Portugal?
Como fui eu esquecer-me deles, provavelmente os mesmos que contribuíram para a inclusão da não discriminação com base na orientação sexual na nossa Constituição, os mesmos que agendaram as questões lgbtq nos sindicatos, nas instituições europeias, e até internacionais.
Provavelmente também os mesmos que tornaram absolutamente normal e não noticiável participações de cidadãos lgtbtq em diferentes marchas e manifestações de cidadania, e também os mesmos que deram a cara nos media e na rua pela visibilidade e pela diversidade na sociedade portuguesa.
É compreensível no entanto que me esqueça porque são coisa pouca quando comparadas com declarações corajosamente anónimas e tristemente cínicas como as suas, não é?
Ora, acorde! Os movimentos lgbttq portugueses são um orgulho, estão bem e recomendam-se; e podem até dar-se ao luxo de ter diversidade interna, sim!

15:01

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home