Blog duma gaja... bem... esquisita, estranha, tarada:) Enfim... queer!

7.04.2007

Boa!

Isto é que eu chamo uma vitória! Parabéns, em especial à Não Te Prives!
(e aqui teríamos de falar do que falta em baixo: onde anda a luta feminista nos activismos lgbt em Portugal?)

4 Comments:

Anonymous fuma said...

nos movimentos não sei, mas á minha volta anda no "não sou feminista mas", ao que se seguem declarações até bastante esclarecidas, que me fazem sacar do meu malfadado tom proselitista. Assim que descubro que as "nou sou feminista mas" e os "o feminismo é só mais uma forma de sexismo" ( e o mais retrógado o feminismo é o verso\semelhante de machismo)afinal temem identificar-se com As feministas mais radicais, falhando em seguida o identificar de um qualquer grupo ou personalidade pública, nacional ou estrangeira de quem pretendam realmente distanciar-se. Eu própria, péssima em citações tenho uma dificuldade semelhante pelo que me amuseria grandemente com uma lista de falsas-feministas, feministas-arrivistas, feministas-da-treta e feministas-terroristas, ou quantas mais classificassões se conseguisse engendar. E o seu oposto, também.

02:38

 
Anonymous Susana said...

Nos movimentos anda bem obrigada, como deveria saber se se informasse um pouco...

09:31

 
Blogger Anabela Rocha said...

Fuma: os movimentos lgbt não sofrem desse problema e há muito há discursos explicitamente feministas. Na sociedade em geral partilho da sua irritação face a essa menoridade política.
O que me leva à mal disposta Susana:) : ninguém disse que não anda; pretendo apenas reflectir sobre o peso dessa agenda feminista, que existe, na estratégia global dos movimentos lgbt (daí a ligação com o post anterior). Já quanto ao facto do cidadão em geral, ou de alguém de fora das práticas associativas, como eu, se conseguir informar sobre isso, lamento dizer-lhe mas não é fácil, eventualmente porque os media não estão ainda preparados para a ideia de que os novos movimentos sociais defendem agendas de discriminação cruzada e não se centram exclusivamente numa. Daí que eu conheça uma intenção feminista explícita em alguns sectores dos movimentos lgbt mas não consiga ver a sua realização total com clareza.

10:43

 
Blogger Lilith said...

Como anda o feminismo? Anda na arte e na escrita feminina, anda na alma de mulheres que gostam da mulher, anda na mente das filhas de Lilith, mas não anda contra os homens pois caminha ao lado destes.

23:30

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home